O marketing digital é um conjunto de ferramentas online capaz de fazer com que uma empresa ou marca apareçam de formas variadas na internet, como por exemplo, por meio de uma pesquisa feita no Google ou anúncios na própria ferramenta de buscas, sites e mídias sociais.

Por sua vez, o marketing político digital é a aplicação dessas práticas em um ambiente político para divulgar os candidatos ou aqueles que já exercem mandatos com suas propostas e convicções.

Para ter uma ideia do potencial dessa estratégia para uma carreira política promissora, mais de 62 milhões de brasileiros utilizam o Facebook diariamente. Inclusive, a maior parte dessas pessoas acessa a rede por dispositivos móveis.

Além disso, mais da metade das pessoas também usa o aplicativo para obter informações. Ou seja, há grandes oportunidades nas redes sociais para compartilhar conteúdo e informar os usuários sobre os seus passos, propostas e ideias.

Não é por acaso que muitos políticos têm utilizado essas estratégias de maneira contínua para estabelecer uma comunicação eficaz com os seus eleitores e sair na frente dos concorrentes que ainda não se renderam às novas mídias.

Dessa forma, a estratégia permite que as pessoas comentem nos artigos e postagens para tirar suas dúvidas sobre as ideias dos seus candidatos, além de fazer elogios e críticas. O contato entre candidato e eleitor, nesse sentido, aumenta a identificação e gera maior proximidade entre eles.

Importância do marketing digital

O marketing digital voltado para a política pode representar resultados tão expressivos quanto os obtidos por meio das mídias tradicionais.

Afinal, diferentemente de outros meios de comunicação utilizados, as plataformas online proporcionam um alcance de público com possibilidades muito mais amplas. Isso significa que você pode encontrar e transmitir suas mensagens para pessoas de diferentes classes sociais, idades, visões políticas e tradições.

Uma das estratégias mais indicadas para fazer campanhas eficientes, portanto, é a utilização das redes sociais.

Com elas, além de atingir diferentes segmentos da população, você poderá entender quais são as demandas, anseios e medos do seu povo, melhorando o diálogo com os eleitores. Além disso, é uma ótima forma de engajá-los em seus projetos e propostas.

Estratégias

Agora que já sabe como essas ferramentas podem ser usadas por políticos, você quer começar a fazer marketing digital a fim de melhorar sua imagem e atrair eleitores? Veja algumas estratégias:

Otimizar as campanhas para todos os dispositivos

Em eleições passadas, uma diferença significativa entre os candidatos residia justamente na duração e qualidade das produções para TV e rádio, o que passava muito pelo tamanho dos partidos, coligações realizadas, assim como verbas de campanha. Porém, desde o último pleito, a junção do tempo eleitoral gratuito com as mídias digitais tem sido uma das principais apostas, equilibrando as corridas eleitorais.

Um dos motivos para isso é o crescente engajamento dos eleitores com a política. Eles se organizam em grupos que interagem com as publicações, compartilhando e defendendo a imagem do candidato.

Além disso, os dispositivos móveis são considerados fundamentais para a divulgação das campanhas. Os conteúdos podem facilmente ser enviados e compartilhados pelos usuários. Por isso, deve-se pensar em recursos para facilitar a usabilidade, acesso e propagação de todos os materiais de campanha.

Apostar em mídias sociais para divulgar assuntos de interesse do eleitor

Erra quem pensa que as mídias sociais servem apenas para perder tempo e conversar com amigos e parentes. Tenha em mente que as pessoas também as utilizam para comentar e discutir assuntos que concernem ao trabalho e à política.

Para tirar proveito disso e obter os resultados esperados, no entanto, deve-se direcionar as ações para o público correto. Para isso, é necessário entender um pouco mais sobre os costumes dos seus principais eleitores em potencial, para atingi-los com maior assertividade, permitindo que as mensagens sejam recebidas pela audiência planejada.

Você sabe qual é o grande problema dos candidatos nas redes sociais? Entre e veja como resolvê-lo.

Usar o e-mail marketing para um público segmentado

O uso de e-mail marketing pode ser uma boa solução para ampliar suas possibilidades de comunicação. Embora possa parecer difícil para candidatos, é fundamental construir uma lista de e-mails para que a campanha política seja mais eficiente.

Para aumentá-la, inclusive, é interessante conectar o engajamento do eleitor com o repasse de informações por parte dele. A partir de conteúdo trabalhado para sua realidade e disponibilizando materiais informativos úteis, muitos cidadãos não terão problemas em liberar seus dados mais básicos em troca, como o endereço de e-mail. Descubra como fazer isso no nosso webinar “Como atrair e fidelizar eleitores na internet”.

Uma vantagem na utilização dessa ferramenta está na possibilidade de medir com precisão quantas pessoas estão interagindo com ela e quais são os resultados práticos.

Utilizar vídeos para contar a sua história

Outra estratégia interessante para que o candidato conquiste a confiança do eleitor é fazer vídeos para contar a sua história. Quais motivos levaram você a escolher a vida pública? Por que você defende suas propostas? Quais são os seus valores? Com quem aprendeu?

Responda essas perguntas demonstrando suas características pessoais e públicas. Lembre-se, também, de utilizar uma linguagem emocional para conquistar as pessoas.

Ademais, pense sempre em gravações curtas para que possam ser rapidamente entendidas e compartilhadas, além de evitar ser enfadonho. Em outras palavras, tente ser pessoal, retirando do seu discurso as velhas formas de se comunicar.

Repetição de ideias

Diferentemente de outras áreas, a repetição se faz muito interessante para a imagem do candidato. Assim, utilizar esse recurso auxiliará que os receptores possam memorizar aquilo que você considera importante e identificá-lo como o portador dessa mensagem.

Para não ser chato, você pode (e deve) fazer variações do conteúdo apresentado. Faça isso objetivamente, mas sem perder a constância.

Ferramentas

Softwares para políticos e candidatos

Alguns programas auxiliam a vida do político desde o momento em que se candidata até o exercício do mandato. Sua principal vantagem é poder unificar equipes, materiais e informações importantes, diminuindo o tempo gasto pelo político e pelo grupo de trabalho com questões operacionais.

Dentro do marketing digital, tanto os relatórios personalizados quanto os dados segmentados são importantes para manter uma comunicação com aqueles eleitores que mais interessam no momento.

Algumas funções interessantes são:

  • Saber todas as informações sobre cada eleitor, como: e-mails recebidos/abertos, atendimentos realizados, SMS respondidos etc;
  • Segmentar pessoas cadastradas para efetuar algum tipo de contato;
  • Controle dos atendimentos feitos à população;
  • Envio de e-mail e SMS segmentados;
  • Criação de relatórios personalizados.

Consultorias para atração de eleitores

Outra ferramenta interessante é a consultoria para atrair eleitores. Com ela, você poderá entender o passo a passo necessário para captar a atenção e aumentar o engajamento deles na rede social e na vida política e eleitoral.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here